Top blogs de receitas

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Quem nos Ama não Menos nos Limita

Não só quem nos odeia ou nos inveja
Nos limita e oprime; quem nos ama
Não menos nos limita.
Que os deuses me concedam que, despido

De afetos, tenha a fria liberdade
Dos píncaros sem nada.
Quem quer pouco, tem tudo; quem quer nada
É livre; quem não tem, e não deseja,

            Homem, é igual aos deuses.

Ricardo Reis, in "Odes"
Heterônimo de Fernando Pessoa


domingo, 7 de dezembro de 2014

Salada Toscana de Feijão Branco…É O Prato Do Dia!

Uma deliciosa preparação, muito diferente e saborosíssima, transforma o feijão branco num prato especial e muito característico. Uma forma italiana de destacar o sabor do feijão branco! Merece a confecção da receita por tornar o feijão branco um prato leve, suave e light, outra maneira de apreciar o grão!

O azeite, o sal e a sálvia dão um sabor delicioso e diferente ao feijão branco… Não vou dizer mais nada… apenas experimente!

Salada Toscana de Feijão Branco!   


E vamos ao Prato Do Dia!

Salada Toscana de Feijão Branco e Sálvia
Ingredientes
250 gr de feijão branco cru
água que baste para cobrir
sal a gosto
1 folha grande de louro

Temperos
1/4 de xícara de folhas frescas de sálvia
azeite abundante
1 pitada de açúcar
1 pitada de sal
pimenta do reino a gosto
ajinomoto a gosto
cebola, alho e salsa desidratados a gosto

Modo de fazer
Cozinhe o feijão branco evitando que se desfaça. Procure manter os grãos o mais íntegros possíveis.
Escorra o feijão e tempere conforme a receita. Leve a esfriar.

Salada Toscana de Feijão Branco com sálvia e azeite.

Prepare-se para uma explosão de sabor na boca!
Sério! Difícil topar com uma coisa assim deliciosa!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Fazendo Salada de Lentilhas…É o Prato Do Dia!

Lentilha é um grão citado até na Bíblia e portanto, muito antigo.
Faz séculos que ele alimenta a humanidade, tão saboroso quanto os temperos que leva, nutritivo como carne, humilde e feinho mas realmente precioso.
Existe em diferentes lugares do mundo, independente de clima, continente ou latitude e é consumida no mundo inteiro!
Illustration of the lentil plant, 1885

 Durante a minha infância eu comia lentilha como sopa, meio rala e com os grãos macios. Depois a minha mãe, Lourdes Ressutti Dauer, aprendeu a fazer Mjadras, o delicioso prato oriental, feito de lentilhas e arroz cozido com muita cebola frita em cima.
Agora aprendi a fazer salada e descobri um novo caminho em matéria de lentilhas! Delícia! Vegetarianos e onívoros vão amar :) Experimente fazer esta gostosura e depois me diga!

E vamos ao Prato Do Dia!

Salada de Lentilhas
Ingredientes (2 porções)
1 xícara de lentilha (se for o prato principal, meça 2 xícaras) cozidas em água com sal, al dente
1 cebola picada
1 dente de alho picadíssimo
1 pimenta vermelha picadíssima (opcional)
1/2 xícara de salsa e cebolinha picadinhas
azeite de oliva
sal que baste
açúcar a gosto
canela em pó a gosto
bahar (tempero sírio) a gosto
uvas passas (opcional)

Modo de Fazer
Escorra a água da lentilha e use numa sopa ou para cozinhar arroz, é bem nutritiva essa água. Tempere com azeite, sal, açúcar, canela e bahar e deixe esfriar. Acrescente os temperos picados e prove o sabor. Sirva as passas à parte.
Fica um sabor bem libanês, árabe, sírio, sei lá. Uma boa mudança para seu paladar! Sirva junto uma salada de tomates com azeitonas e bastante azeite e pão sírio.

As cores das lentilhas. Esqueceram a marronzinha que é a que mais tem no Brasil!

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Fazendo Pão de Centeio Integral.... É O Prato Do Dia!

Fazer pão em casa é uma coisa das mais gratificantes. Fazer você mesmo, assar e sentir o perfume do pão pela casa, cortar quentinho ainda e passar manteiga para derreter...
Fazer em casa ainda proporciona as vantagens da escolha: de farinhas, de sabores, de tamanho além é claro, da certeza da origem e frescor dos ingredientes.
O pão nosso de cada dia não se limita em absoluto ao pão francês ou de forma. Uma busca em livros ou na internet, oferece uma variedade de formatos, receitas, técnicas, tradições e inventos inesgotáveis. É capaz de ter um diferente para cada dia do ano, por mais de 10 ou 20 anos!
Um dos alimentos mais antigos do mundo, vem sustentando às vezes sozinho, gerações e gerações de seres humanos, desde a pré-história.
Serviu de prato inclusive, quando isso ainda não existia, contendo os cozidos e reforçando as sopas.
Desde as mais rústicas e básicas receitas, até os maravilhosos e crocantes pães de hoje em dia, as técnicas e os ingredientes mudaram bastante. O pão de centeio, por exemplo, é um pão escuro que só era consumido pelas pessoas mais pobres.
Hoje, suas vantagens nutricionais são conhecidas e farinhas de alta performance aliadas a fermentos potentes, fazem um pão de centeio macio, fofo, crescido e saboroso.
Se você tiver uma Máquina de Fazer Pão (MFP) o trabalho é praticamente nenhum! A minha comprei usada no ML e já há uns 4 anos que funciona que é uma beleza!

Pão de Centeio feito em casa.
E vamos ao Prato Do Dia!

Pão de Centeio Integral (500 gr de pão)

Ingredientes
205 ml de água filtrada e morna (1 xícara de chá bem cheia)
1 1/2 colher de sopa de óleo
1 colher de chá de sal
1 1/2 colher de chá de açúcar
1 colher de sopa de leite em pó
180 gr de farinha de trigo branca (1 1/2 xícara de chá)
80 gr de farinha de trigo integral (2/3 xícara de chá)
80 gr de farinha de centeio (2/3 xícara de chá)
1 colher de chá bem cheia de fermento biológico em pó
1 colher de sopa de aveia em flocos
1 colher de sopa de linhaça moída
1 colher de sobremesa de suco de limão (melhorador natural)
1 xícara de passas de uva demolhadas (opcional)

Modo de fazer
Na MFP é só colocar os ingredientes na ordem em que estão e selecionar "massa".
Para fazer no muque (rsrsrsr) escolha uma bacia pequena e coloque a água, o óleo, o sal e o açúcar e o leite em pó e misture. Peneire em seguida as farinhas, junte o fermento, a aveia, a linhaça e o suco de limão. Misture bem e acerte o ponto da massa (mais água ou mais farinha). Sove a massa por uns 10 ou 15 minutos (ou quanto aguentar, claro), cubra e deixe em local sem vento.
De vez em quando dê uma olhada para certificar o crescimento. Quando tiver dobrado de tamanho, amasse de novo e escolha o formato. Dá um pão de 500gr ou você pode dividir em pães menores como eu fiz. Deu 6 pãezinhos que eu recheei de passas.
Depois de modelados, deixe crescer de novo e quando estiverem fofinhos, leve a assar a 180ºC.
Estando moreninhos e com um som ôco, retire do forno e deixe esfriar em cima de grades. Guardados em saco plástico duram uns 3 dias ainda macios.

Pão de Centeio feito em casa
Pão de Centeio com passas... bem fôfo!



segunda-feira, 26 de maio de 2014

O melhor Pão de Torresmo Folhado Caseiro... É O Prato Do Dia!

Não sei você, mas fico muito frustrada quando compro um Pão de Torresmo na padaria e o infeliz vem vazio rrsrsrsrsrsrsr
Gosto de muito recheio, gosto de massa macia e meio gordurenta e de muito torresmo por cima também!
Já tentei muitas vezes e com diversas receitas e nunca acertei a meu gosto, mas finalmente, com algumas correções, dei com uma deliciosa! Sério, a melhor que já fiz e uma das melhores que já comi. O pessoal aqui em casa ficou maluco e todo mundo queria levar um pedaço pra casa!
É muito fácil de fazer, barato e com ingredientes que você tem à mão.
O torresmo você pode fazer em casa ou comprar pronto (vende-se em atacadões como Assaí, Makro, etc).


Pão de Torresmo Folhado
E vamos ao Prato Do Dia!

Pão de Torresmo Folhado

Ingredientes
500 gr de farinha de trigo aproximadamente
1 pacotinho de fermento biológico seco
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sobremesa de sal
2 colheres de banha de porco
1 ovo
água morna 
2 colheres de sopa de margarina, amassadas junto com 1 colher de sopa de farinha
torresmo frito a gosto (300 a 400 gr)

Modo de fazer
Se for fazer o torresmo em casa, compre barriga de porco com alguma carne. Se já vier picada ótimo, se não, pique em pedaços pequenos e frite em fogo baixo, sem óleo.
Deixe fritando e vá retirando a banha derretida, para que o torresmo fique bem sequinho.  Retire para um prato e deixe esfriar.
Comece a massa juntando a farinha, o sal, o açúcar e o fermento e misturando bem. Acrescente o ovo, a banha, misture e vá acrescentando água morna aos poucos e sovando a massa até soltar das mãos.
Atenção! Deve soltar das mãos mas não deve ficar dura! Vá acertando água e farinha aos poucos para que ela fique macia, meio úmida mas não peguenta!
Abra com o rolo estendendo bastante e esfregue a mistura de margarina e farinha (para dar o folhado). Em seguida espalhe o torresmo por toda a superfície e dobre a massa 4 vezes. Abra novamente em forma de retângulo e corte em tiras de acordo com o tamanho e o número de pães que deseja fazer: 2, 3 ou 4.
Enrole as tiras como canudos e junte as pontas para fazer uma rosca. Deixe crescer, pincele gema de ovo e polvilhe restinhos de torresmo por cima.
Asse em forno médio (180ºC) até dourar.
E se esbalde!


Pão de Torresmo Folhado
Depois você faz uns 3 dias de dieta ahahahahaha!

PS: Se tiver alguma dúvida, veja aqui no youtube como abrir, cortar e enrolar!

quinta-feira, 15 de maio de 2014

O último Espaguete do Ayrton Senna... É o Prato Do Dia!

Estava assistindo aquela malfadada corrida, quando o mundo perdeu o Ayrton Senna e eu deixei de ver a Fórmula 1.
20 anos depois, em meio a um mar de lembranças do piloto, daquele dia, das corridas especiais, das voltas incríveis, das rivalidades, da coragem, da ousadia... um garçom contou qual foi o último prato que o Senna pediu naquela última noite da sua vida.
Eu fui atrás da receita e seu pedido refletia a simplicidade da sua vida, do restaurante que escolheu, do último hotel onde dormiu e do espaguete que sempre comia nas vésperas de suas disputas em Ímola.
Entre Bolonha e San Marino, na minúscula comuna de Castel San Pietro Terme fica essa Trattoria Romagnola (bar e restaurante) com especialidades da cozinha emiliana e romagnola mediterrâneas.

Trattoria Romagnola

Entre as massas feitas à mão, Senna pedia sempre o spaghetti al torchio, massa que era extrudada em uma antiga máquina manual de madeira (que devia ser elétrica claro rsrsrsr). O molho

O torchio
escolhido -em italiano "pomodori basilico Spaghetti olive nere al grana padano"- um simplíssimo molho de tomate com manjericão, azeitonas pretas e lascas de queijo grana padano, saboroso e leve não devia atrapalhar o sono que precisava ser tranquilo, para o importante dia seguinte.
Embora tenha usado um espaguete comprado pronto, prometi a mim mesma que o próximo será com massa caseira (não al torchio rsrs).
Já o molho de tomate fiz como uma verdadeira mama italiana usando um passa purê típico, que retira a pele e deixa o molho levemente pedaçudo.

Passa purê e molho de tomate

 
E vamos ao Prato do Dia!

Espaguete ao sugo, manjericão e azeitona preta ou
O último Espaguete do Ayrton Senna

Ingredientes
500 gr de massa seca (espaguete)
8 tomates grandes cozidos e em pedaços
1/2 cebola ralada
1 dente de alho esmagado
1 xícara de azeitonas pretas sem caroço e picadas
folhas de manjericão
sal e açúcar a gosto
azeite
pimenta do reino a gosto
queijo ralado (grana padano ou parmesão)

Modo de fazer
Cozinhe o espaguete, escorra e envolva em azeite. Reserve em local aquecido.
Bata no liquidificador (ou passe em peneira grossa) os tomates e reserve. Aqueça o azeite numa frigideira grande e funda e frite levemente a cebola e o alho, junte os tomates e as azeitonas e tempere a gosto com sal, açúcar e pimenta do reino. Aqueça bem para fixar os sabores e junte o macarrão ao molho. Espalhe folhas de manjericão e lascas de queijo por cima e sirva imediatamente.

Espaguete ao sugo, manjericão e azeitona preta 
E bom apetite!


Fazendo Guacamole em casa... É o Prato Do Dia!

Por mais estranho que pareça, o Brasil é o único lugar do mundo aonde se come abacate com açúcar!
Suco, amassadinho ou quadradinhos com açúcar são as maneiras de comer abacate por aqui.
No resto do mundo, abacate é comido salgado ou puro, como legume de salada, molhos e pastas.
E fica muito bom também! É uma outra maneira de saborear o fruto macio e amanteigado de sabor suave!
Guacamole é um molho ou pasta que se come como acompanhamento de outros pratos ou com as famosas tortillas mexicanas (ou com Doritos aqui rsrsrssr). É um prato fresco e cheio de sabor que vale a pena experimentar!

Guacamole
E vamos ao Prato do Dia!

Guacamole
Ingredientes
1 abacate maduro amassado grosseiramente com um garfo
1 tomate picado
1 cebola picada
cheiro verde picado a gosto (quem gosta pode usar coentro também)
1 pimenta dedo de moça picada (tire as sementes se quiser menos apimentado)
suco de 1 limão
sal a gosto
1 pitada de açúcar
hortelã fresca picada a gosto
orégano seco a gosto
azeite

Modo de fazer
Junte todos os ingredientes (é para ficar pedaçudo mesmo) e tempere a gosto. Sirva com tortillhas ou doritos, mais pimenta e ainda um sour cream mexicano se você apreciar.
Excelente para tira gosto com cerveja, pisco ou margueritas ou ainda acompanhamento para pratos frios, saladas e tacos.

Guacamole e acompanhamentos
Bom apetite!

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Ninhos (ou cestinhas) de Purê de Batata... É o Prato Do Dia!

Um prato que fica lindo, faz muito efeito e é super fácil de fazer!
Com essa gracinha você convence uma criança a comer espinafre refogado, ovo quente, ervilhas, sardinhas... Qualquer coisa :)
Mas também é um acompanhamento chique no úrtimo para um filé acebolado por exemplo, um bolo de carne ou coxas de frango assado, peixe...
É uma receita nutritiva e realmente gostosa, barata e que resiste bem na geladeira até o dia seguinte!

Ninhos de Purê de Batata

E vamos ao Prato Do Dia!

Ninhos (ou cestinhas) de Purê de Batata
Ingredientes
8 batatas grandes cozidas em água e sal
1 ovo e mais 1 gema,
1 colher de sopa de manteiga ou de maionese
1 colher de sopa de farinha de aveia




Modo de fazer
Esprema as batatas ainda quentes e misture os demais ingredientes, batendo um pouco para deixar o purê bem fofo.
Coloque a massa em um saco de confeitar* e faça os ninhos em uma assadeira untada. Leve ao forno por aproximadamente 15 min.
Retire do forno e recheie a gosto.

* Se você não tem um saco de confeitar ou não tem experiência em seu uso, pegue uma colher bem grande,  encha de purê e empurre com um dedo o purê para fora da colher. Com uma colher menor, cave um buraco no ninho. Dê uma acertada nas bordas para ficar bonito.

O recheio da foto é frio, uma maionese de legumes que deve ser colocado depois dos ninhos assados. Use também sardinhas de lata amassadas, ou uma lata de atum, presunto e queijo picadinhos, etc.
Para rechear antes de assar, pode ser um refogado de frango, ou quebrar um ovinho de codorna inteiro ou apenas a gema de um ovo de galinha no buraquinho, um purê de espinafre bem refogadinho e queijo ralado polvilhado por cima... Use a sua imaginação!

Ninhos (ou cestinhas) de Purê de Batata
Experimente! E bom apetite :)

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Porco Espinho (bolinhas de carne e arroz)...É o Prato Do Dia!

Uma receita excelente, retirada de uma obra bastante diferente, que minha mãe assinava quando eu era criança: o Curso Lannes de Economia Doméstica. Eram mandadas pelo Correio, umas folhas coloridas, ainda mimeografadas, sobre corte e costura, limpeza, manutenção, culinária, saúde, educação dos filhos, brinquedos, e mais alguns assuntos, para serem juntadas e depois encadernadas.
Para a época (uns 40 ou 50 anos atrás) era tremendamente avançado, em dicas de nutrição e usos de diferentes alimentos, de uma autora brasileira Maria do Carmo Fontenelle, que estudou nos Estados Unidos. Muitos conceitos ainda desconhecidos de receitas "magrinhas", de aproveitamentos, de combinação nutricional de alimentos e cardápios planejados.
Esta receita é ideal para esticar pouca quantidade de carne moída e fazê-la render um prato maior para mais pessoas. Quem conhece a culinária árabe ou asiática, vai reconhecer nela o recheio de muitos legumes como o fazem os libaneses, turcos, sírios, etc.

Porco Espinho (bolinhas de carne e arroz)
E vamos ao Prato Do Dia!

Porco Espinho
Ingredientes
2 xícaras de carne moída
1/2 xícara de arroz cru
1 dente de alho esmagado com
1 colherinha de café de sal
1 cebola ralada
pimenta a gosto (a pimenta síria dará um saboroso toque oriental ao prato)
2 xícaras de molho de tomate ou tomate fresco passado no liquidificador
1 folha de louro
cheiro verde
1 fio de azeite

Modo de fazer
Misture bem a carne com todos os ingredientes, menos o tomate. Forme bolinhas e coloque no fundo de uma panela (se formar duas camadas, tudo bem). Cubra com o tomate, um pouquinho de água e tempere com cheiro verde, uma folha de louro e um tico de sal. Leve ao fogo baixo sempre conferindo o cozimento do arroz. Se necessário, ponha mais água.

O arroz cru triplica de tamanho e sai da bolinha de carne, ficando espetado, com aspecto de porco espinho :)

Sirva com salada ou um legume na receita de sua preferência, pão fresco e azeite.
Bom apetite!

Porco Espinho (bolinhas de carne e arroz)

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Fazendo Focaccia italiana... É o Prato do Dia!

A focaccia é uma receita bem maluca no Brasil e há dezenas de fórmulas, formatos e coberturas, ditas "focaccia", sem o ser de verdade.
É uma especialidade italiana parecida com um pão pouco crescido, com cobertura apenas de azeite, sal grosso e ervas a gosto, como alecrim, manjericão, orégano, também chamada pizza seca.etc.
Redonda ou retangular, é macia e comida como aperitivo, entrada ou até mesmo no café da manhã.
Apanhei bastante até aprender a fazer, pois a primeira vez que comi, nunca tinha visto, não fazia ideia nem do nome e bem... naquela época não havia computador, nem internet ou blogs para pesquisar receitas. Dependia da sorte e de se manter antenada em todos os lugares: revistas em consultórios, televisão, casa de parentes, restaurantes, qualquer lugar onde pudesse obter a informação desejada.

É óbvio que uma bela superfície redonda e cheirosa acaba sempre por dar ideias diferentes para uma cobertura :) Nesse caso, solte a sua imaginação, divirta-se, inove e use o que tiver em casa ou o que mais gostar.

E vamos ao Prato do Dia!

Focaccia de tomatinhos, azeitona, alho e alecrim


Focaccia Italiana
Ingredientes da massa (para 3 focaccias médias)
480 gr de farinha de trigo especial
200 ml de água morna
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de açúcar
3 colheres de sopa de azeite
2 colheres de café de fermento biológico seco
gotas de limão

Modo de fazer
Junte todos os ingredientes e sove bem a massa (pode usar a MFP). Divida em 3 partes, cubra e mantenha em lugar aquecido até dobrar de volume pelo menos.
Separe as 3 formas e enfarinhe. Abra as massas e acomode nas formas. Deixe crescer novamente.
Acenda o forno a 180º e deixe esquentar bem.
Estando a massa crescida, aperte as pontas dos dedos na superfície, levemente, para fazer pequenas covinhas sobre toda a massa. Salpique sal grosso e coloque azeite generosamente e depois espalhe a erva a gosto. Leve a assar até que o fundo doure ligeiramente.

Focaccia de tomatinhos, azeitona, alho e alecrim

Sugestões de cobertura:
1- tomatinhos cereja, lascas de azeitona, lascas de alho, sal grosso, alecrim e azeite;
2 - pedaços de mussarela, tomate sem pele em fatias, manjericão, lascas de alho e azeite;
3 - linguiça calabresa defumada, cebola em fatias, lascas de azeitona, lascas de alho, sal grosso e azeite;
3 - muita cebola fatiada, azeitona preta picada, pimenta dedo de moça em lasquinhas, azeite, sal e orégano.

Focaccia de cebola, azeitona, pimenta e orégano.

Bom apetite! Você vai se divertir bastante com a família ou os amigos, fazendo coberturas diferentes!



quarta-feira, 16 de abril de 2014

Pasta a La Norma... É O Prato do Dia!

Mais um daqueles deliciosos pratos italianos, cheios de sabor, charme e história!
O nome, diz-se, foi uma homenagem ao compositor Bellini pela ópera Norma, de 1831, o que dá ao prato quase 200 anos rsrsrsrs
O sabor vem do molho de tomate quase sequinho, muita berinjela e queijo :)
Obs: Além de tudo, econômico!
Um prato de massa bem farto e uma salada compõem um jantar no Brasil, embora na Itália necessitasse de talvez uns 4 pratos. Suco e uma sobremesa são mais do que suficientes para uma refeição completa.

Pasta a La Norma

A receita original pede ricota defumada, o que é meio difícil de encontrar por aqui (embora não impossível) mas como todo mundo adora queijo parmesão ou grana padano, acho que substitui com vantagem a ricota (que nem é muito gostosa, diga-se).
Os vegetarianos vão se sentir à vontade com a berinjela e o molho de tomate, que ainda podem ser servidos perfeitamente à noite, por serem leves e suaves.

E vamos ao Prato do Dia?

Pasta a La Norma
Ingredientes
1 pacote de massa curta (penne, parafuso) se possível
6 tomates grandes e vermelhos em pedaços
1/2 cebola em pedaços
1 dente de alho
cheiro verde picado a gosto
1 folha de louro
sal, açúcar, azeite e pimenta dedo de moça a gosto
1 berinjela grande em fatias finas
queijo parmesão ralado e em lascas
óleo que baste

Modo de fazer
Coloque o tomate, a cebola, o alho e os temperos numa panela em fogo alto e tampada. Quando o líquido começar a se formar abaixe o fogo  e siga esta receita d o melhor molho de tomate ever . Frite as fatias de berinjela em pouco óleo até amorenarem.
Enquanto isso, cozinhe a massa em água abundante com sal.
Tudo pronto, junte a massa e a berinjela na panela do molho e regue com um fio de azeite.
Na hora de servir, espalhe as lascas do parmesão entre a massa e polvilhe o ralado.
DE-LÍ-CIA!!! Garantido!
Uma saladinha, completa uma refeição memorável!

Pasta a La Norma

Arroz, Farofa e Sobras.... É O Prato Do Dia!

Aproveitamento!
Não jogar nada fora!
Reciclar...
Vale para comida? Claro que vale!
Mistura de sobras, quando bem combinada, costuma render refeições rápidas e excelentes. Acredite, a turma vai pedir para você fazer de novo!
Por exemplo, digamos que o almoço foi arroz branco, salada de tomates, frango ao molho e milho refogado. E sobrou um pouco de cada coisa, mas que não dá uma refeição para cada um...
Desosse o frango e desfie, pique o tomate e junte com o milho. Passe rapidamente pela frigideira e reserve. Cozinhe um ovo, rale uma cenoura e pique meia cebola. Junte tudo ao arroz e coloque numa travessa. Polvilhe queijo ralado e mande pro micro-ondas! Faça uma salada ou uma sopinha rápida e o jantar está pronto!
O que anda fazendo o maior sucesso aqui em casa é uma mistura de arroz, farofa caseira e sobras de carne. Comem mais do que quando fiz fresquinho e tudo separado ahhahahah

  
Arroz, farofa e linguiça
Soborô, restodontê, SOS (sobras de ontem sortidas)... Dê o nome que quiser, mas a não ser que você tenha cachorro, aproveitar as sobras é obrigatório e muito saboroso!

E vamos ao Prato Do Dia!

Arroz, Farofa e Sobras
Ingredientes
arroz branco cozido e solto com o garfo
farofa caseira (com bacon, cebola, alho, ovo, azeitona e cheiro verde)
sobra de linguiça frita (ou frango, ou churrasco, ou carne de panela, etc) picada
azeite a gosto
1/2 cebola picada
1 maçã picada com casca
ervilha, milho, ou outro legume congelado
1 cenoura ralada

Modo de fazer
Coloque o azeite em uma frigideira grande e frite a cebola, a cenoura e os legumes congelados. Junte a linguiça e abaixe o fogo para tomar gosto. Acrescente o arroz e a maçã e misture bem. Por fim, misture a farofa e deixe aquecer. Sirva com uma salada de folhas e tomate!

Soborô, restodontê, SOS

Purê de Mandioca Temperado... É O Prato Do Dia!

Como você faz a mandioca? Frita? Cozida? No Escondidinho? No Bobó?
Mas existe outro jeito de usar a mandioca que fica simplesmente deliciosa!
Você pode usar em lugar do purê de batata por exemplo (batata está custando os olhos da cara), substituir o arroz, servir com carnes salgadas ou banana frita, ou ainda com um ovinho frito por cima...
Uma delícia, muito fácil, muito útil e prático, saboroso, suave, levinho... adorei rsrsrsrsrs deu pra perceber né?
Eu ganhei uma mandioca (ou aipim, ou macaxeira) enoooorme rsrsrsrssr

mandioca  
Cozinhei mas não ficou muito boa, então resolvi fazer um purê; não usei o liquidificador para não fazer um purê muito mole então pode ser usado o espremedor de batata ou o processador (se você tiver um passa-purê serve às mil maravilhas).
E como deu um moooonte de purê, tratei de inventar o que fazer com ele. Separei em 3 pacotes e congelei.
E saiu esse purê :), o verdinho!

Purê de mandioca temperado

E vamos ao Prato do Dia!

Purê de Mandioca temperado
Ingredientes
500 gr de mandioca crua e descascada
100 gr de toucinho defumado bem picado
1/2 cebola picada
1 alho picado
1 xícara de cheiro verde picado
1 maço de espinafre cozido e picado
sal e pimenta a gosto
azeite a gosto

Modo de fazer
Cozinhe a mandioca em panela de pressão por mais ou menos 40 minutos. Ainda quente, passe pelo espremedor ou processador e tempere com sal, pimenta e um pouco de azeite.
Frite o toucinho em um pouco de azeite. Acrescente a cebola e o alho e por último o espinafre. Junte o purê de mandioca e mexa bem. Acrescente o cheiro verde, acerte o tempero e sirva.
No dia servi com costelinhas de porco fritas e purê de quirera de milho com legumes.
Muito ótimo!

Purê de mandioca, costelinha de porco e purê de quirera com legumes


terça-feira, 15 de abril de 2014

Trigo em grão refogadinho... É o Prato Do Dia!

Mais um gostoso prato vegetariano que substitui o arroz ou o feijão para variar o cardápio sendo também é uma excelente opção de proteína vegetal!
O refogado pode ser com o legume da sua predileção; no caso usei o chuchu, que é tipicamente um legume do qual ninguém gosta rsrsrsr. Aqui fica bem camuflado, ajudando a aumentar e enriquecer a refeição.
É uma receita suave, delicada, riquíssima em fibras e que aproveita toda a potência do trigo integral. Retarda a digestão e portanto é bom para dietas e diabéticos.
A cor dourada do trigo em grão é um convite a experimentá-lo e seu sabor neutro combina com qualquer outro alimento.

Trigo em grão

E vamos ao Prato do Dia!

Trigo em grão Refogado
Ingredientes
1 1/2 xícara de trigo em grão demolhado* e cozido
1 chuchu pequeno ralado (ou cenoura, ou abobrinha, etc)
1/4 de cebola fatiada
1 dente de alho pequeno picado
1 xícara de salsinha picada
2 dedos de um alho poró fatiado
pimenta dedo de moça picada (opcional)
1 fio de azeite
sal e açúcar a gosto

Modo de fazer
Junte os ingredientes e refogue em azeite por alguns minutos. Sirva quentinho com uma salada de folhas, um molho vinagrete e pão sírio tostado por exemplo.

*Pode ser deixado de molho da noite para o dia ou, no caso de pressa, ser colocado com água em PA no micro-ondas por 3 a 5 minutos e deixado descansar um pouco até inchar.
O trigo em grão pode ser cozido e congelado em porções de 1 xícara para um uso mais fácil.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Moussaka light (berinjela com carne)...É o Prato do Dia!

A Moussaka é um delicioso prato árabe, à base de berinjela e carne, bastante completo, perfumado à oriental e delicado.
São camadas de berinjela frita, carne moída com molho de tomate e molho bechamel, numa sinfonia de sabores e texturas arrebatadora!
Servida com arroz e salada, ou ainda com pão pitta, alimenta sem empanturrar e pode ser servida tanto de dia como à noite!
Nesta receita, tornei o prato light, retirando um pouco da gordura da fritura e do leite, sem perder o sabor.
Experimente esta gostosura!

Moussaka Light
E vamos ao Prato do Dia!

Moussaka
Ingredientes
3 berinjelas médias ou 2 grandes
300 gr de carne moída
cebola, alho, cheiro verde e hortelã picados à gosto
extrato de tomate
sal e azeite
pimenta síria e canela em pó
3 batatas médias cozidas, em fatias grossas
300 ml leite desnatado
1 colher de sopa de farinha de trigo
1/4 de cebola em pedaços
sal, pimenta do reino branca e noz-moscada
100 gr de mussarela ralada

Modo de fazer
Lave e fure as berinjelas com um garfo e leve a assar no forno ou no micro-ondas até amaciar completamente.
Refogue a carne moída no azeite e junte a cebola, o alho, o cheiro verde e a hortelã. Espere murchar e acrescente 2 colheres de sopa de extrato de tomate e um copo de água fervendo. Tempere com sal, pimenta síria e um tico de canela e deixe em fogo bem baixo para encorpar o molho.
Ferva o leite com a cebola em pedaços e tempere com sal, pimenta do reino branca e noz-moscada. Desmanche uma colher de sopa de farinha de trigo em meio copo de água e misture ao leite. Bata no liquidificador ou retire os pedaços de cebola do leite. Esquente até encorpar.
Corte as berinjelas na metade ao comprido e raspe a polpa com uma colher. Junte numa tigela e tempere com azeite, sal, canela e demais temperos a gosto.
Numa travessa grande despeje 2 ou 3 colheres de molho bechamel e espalhe. Distribua 1/3 da polpa de berinjela sobre o molho e 1/3 da carne moída com molho. Espalhe as fatias de batata cozida e cubra com molho bechamel.
Continue as camadas até terminar pelo bechamel. Polvilhe a mussarela ralada e leve ao forno para esquentar e gratinar.

Moussaka Light


Sirva quente ou fria ou ainda no dia seguinte, quando estará mais saborosa!

Salada Gelada de Laranja...É o Prato do Dia!!!

Uma salada muito versátil, que pode ser sobremesa ou acompanhamento de pratos salgados como lombo ou barriga de porco, presunto ou ainda kassler ou eisben!
É também sofisticada pelo uso do toque de vinho e ao mesmo tempo facílima de fazer!
Se preferir, ao invés de gelada sirva simplesmente fresca e perfumada!

Sempre que puder, use frutas nas refeições! Nas saladas principalmente, em recheios de carnes, risotos ou molhos para acompanhar os pratos. As frutas acrescentam novos sabores e perfumes às refeições além de mais saúde!

A foto abaixo não é da salada, mas serve para dar frescor a esta página rsrsrsr

E vamos ao Prato do Dia!

Salada Gelada de Laranja
Ingredientes
8 laranjas pera frescas, lisa e de casca fina
1/2 xícara de açúcar
1 cálice de vinho do porto (ou outro vinho adocicado)
Folhas de hortelã

Modo de fazer
Descasque delicadamente as laranjas, retirando o máximo possível da parte branca.
Fatie o mais fino que puder e vá tirando as sementes.
Arrume as fatias em camadas, polvilhando açúcar entre elas.
Enfeite com a hortelã e despeje o vinho sobre as fatias. Leve à geladeira e sirva fresca ou gelada.

Se você é aventureira e gosta de arriscar sabores diferentes, experimente temperar essa salada com lâminas de cebola roxa ou fatias de azeitonas pretas ou pimenta dedo de moça picada ou ainda salsinha e cebolinha.

Tenha certeza que fará o maior sucesso, de qualquer jeito.
Lembre sempre que o maior inimigo do prazer de uma refeição é a rotina.

Bolo Integral realmente fofinho...É o Prato do Dia!

Há tempos que procuro um bolo integral que seja gostoso e fofinho.
Convenhamos, o gosto da farinha de trigo integral É mesmo meio estranho e costuma deixar o bolo embatumado.
Ontem achei uma receita interessante no http://gshow.globo.com/ e dei uma pequena ajeitada para deixá-la um pouco mais light, diminuindo a quantidade de óleo e trocando as nozes por sementes e mais uma coisinha ou outra rsrsrsrsr
Ah! E não precisa de batedeira, bate do liquidificador mesmo!
Experimentei a receita e ficou ótima! Então compartilho com você!

Bolo Integral de Laranja... fofinho!





E vamos ao Prato do Dia!

Bolo Integral de Laranja
Ingredientes
1 laranja inteira de casca fina, brilhante e lisa
3 ovos
1 xícara de açúcar mascavo
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de água
2 xícaras de farinha de trigo integral
1 colher de sopa de fermento em pó
1 xícara de sementes e grãos a gosto (linhaça, gergelim, aveia em flocos, granola, etc)

Modo de fazer
Parta a laranja em pedaços e retire as sementes, MAS DEIXE A CASCA!!!!
Coloque no copo do liquidificador os pedaços de laranja, os ovos, o óleo e a água e bata bem. Junte o açúcar e bata mais.
Numa tigela despeje a farinha, o fermento e a xícara de grãos e misture bem.
Unte uma forma grande de buraco no meio e ligue o forno na temperatura média (170º a 180ºC).
Despeje o conteúdo do liquidificador sobre os ingredientes secos da tigela e misture rapidamente com um fouet ou com uma colher de pau. Despeje na forma e leve ao forno por mais ou menos 30 ou 40 minutos.
Enfie um palito no bolo para ver se sai sequinho antes de tirar do forno.
Esse bolo é um pouquinho mais demorado para assar, mas cresce bem e o perfume de laranja se espalha pela cozinha!

É um bolo super integral, com pouco óleo e açúcar e bem cheio de fibras e você pode trocar o açúcar mascavo por adoçante, fazendo dele um bolo diet. As fibras atrasam a digestão o que evita que a glicemia suba rápido e mantêm a sensação de saciedade por mais tempo!

Bolo Integral de Laranja... fofinho!

Metade já foi rsrsrsrsrsrsr
Bom apetite!